Maternidade

Desmame noturno

Amorinhas, o papo hoje é tenso. Melhor, o papo hoje é cansativo!

Vamos falar de noites inteiras de sono? Como assim, isso é possível? Siiiim! Se eu consegui, qualquer mamãe irá conseguir essa proeza também.

O Francisco mamou muito desde o nascimento até o dia em que decidi fazer o desmame, inclusive à noite. Lembro o quanto era exaustivo pegar criança, dar o mamá, colocar no berço, deitar, pegar no sono novamente e acordar outra vez… Só sabe, quem passa por isso.

Fui no meu instinto de mãe. Não pesquisei a respeito, mas sabia que queria fazer de um jeito mais amável sabe?

Depois que fiz o desmame noturno e passei a compartilhar com algumas amigas, vi que era o mesmo método da escritora do livro a encantadora de bebês… Li o livro e passei a profissionalizar o meu esquema e compartilhar sem peso na consciência com as minhas seguidoras.

Primeiro, tenho que te avisar que é cansativo fisicamente e mentalmente, você vai pensar em desistir e depois vai se arrepender novamente se desistir de verdade.

Ah, eu preferi fazer sozinha, sem a ajuda do marido (escolha pessoal) e o Francisco estava com 06 meses de idade.

Mas Dani, que método é esse?

Então, na primeira noite na qual decidi que iniciaria o desmame, dormimos e exatamente às 02 horas da manhã, o Francisco acordou para o lanchinho da madrugada. Levantei, fui ao berço, o peguei no colo e comecei a ninar pelo quarto fazendo o barulho que ele estava acostumado a dormir (shhhhhhhhhh).

Só percebi o quanto ele era forte nesse dia. Ele chorava, me dava tapas, chutes, se debatia, gritava, mas não se acalmava com nada. Fui forte e resistente. Ficamos os dois, no quarto escuro, dançando valsa e cantando por exatos 45 minutos. Ele dormiu soluçando, mas dormiu novamente.

Às 04h05, o Francisco acordou. Fiz tudo igualzinho novamente. Ele chorou, gritou, tentou arrancar meu seio, mas eu resisti. Aproximadamente 30 minutos depois de niná-lo, ele dormiu.

O dia amanheceu e às 06h20, ele acordou pela terceira vez, mas dessa vez já estava claro e, apesar de não ser o melhor horário para acordar, levantei, dei o mamá e o nosso dia começou normalmente.

A segunda noite chegou e eu estava muito cansada. Às 03 horas, o Francisco acordou chorando pedindo o mamá. Levantei e comecei meu ritual. Pensei em desistir e dar o seio, mas uma linha tênue de força, lá no fundo, me deu força para continuar. Para a minha sorte, 20 minutos depois ele dormiu.

Ele acordou nessa mesma noite outras três vezes. Porém ficávamos ninando por poucos minutos. Em aproximadamente 20 minutos depois, ele sempre dormia. Essa, sem dúvidas, foi a pior noite do desmame. O cansaço físico e mental, o desejo de desistir só para dormir um pouco eram fortes, mas a minha esperança de dormir uma noite inteira no futuro era maior.

Na terceira noite eu já estava um bagaço. Não sabia como conseguiria ficar em pé…

Ele acordou uma única vez para a minha alegria e dormiu exatos 5 minutos depois. Não gritou ou chorou demais, apenas o comum. Eu sim, chorei de alegria nesse dia e também de medo, ao pensar em ser rejeitada pelo meu filho (loucuras de mãe…), mas passou.

Ah, pela manhã eu dormia, essa era ajuda do marido que trabalha apenas à tarde. Afinal ficar acordado à noite e cuidar de bebês durante o dia não era possível para mim. Esse foi um costume que permaneceu aqui em casa até hoje (Vivaa!).

Desde o dia que decidi fazer o desmame noturno, me sinto melhor. Uma noite de sono inteira vale ouro para mim (e para você também, com certeza!)!

Ás vezes, quando saíamos da rotina ou ele ficava doente, tudo voltava ao início, mas já estava vacinada e sabia exatamente o que era necessário para tirar o mamá da madrugada novamente.

Quando dizem que quem ensina o nosso filho a ser um bom dormidor somos nós, mães. É verdade! Eu aprendi na pele e posso confirmar amoras!

Depois de te contar como aconteceu com a gente, vou compilar para vocês:

Primeiro ter calma.

Não deixar a criança chorando no berço (eu não acho isso muito amável).

Ninar e fazer os sons que a criança está acostumada a dormir.

Ter fé, pois na quarta noite você e seu filho dormirão a desejada noite inteira de sono.

Está pensando em fazer o desmame noturno? Pense com carinho e, se decidir, sinta-se abraçada por mim! Juntas, nós mães, somos fortes!

Beijo enorme sabor 08 horas de sono seguidas!

Leave a Response