Viagem

Trancoso – parte 2

Oie, vamos continuar com a nossa viagem deliciosa à Trancoso?

Como disse para vocês no post anterior, durante o dia o ideal é aproveitar a praia, à noite comer bem e passear pelo quadrado, mas se prepare. Os restaurantes não cobram um preço lá muito acessível e nem oferecem um prato que dê para dividir ou satisfazer completamente.

E sim, essa é a regra de Trancoso.

Fomos a dois restaurantes indicados, o cacau, jacaré do Brasil e rabanete.

O rabanete é um restaurante self-service que funciona até às 15h apenas. Muito gostosa a comida! Variedade, inclusive de sobremesas e bom atendimento, sem contar na delícia que é sentar nas mesas embaixo das árvores e ficar apreciando a vida tranquila de Trancoso.

O cacau fica praticamente ao lado da igrejinha, quase que escondidinho. Lugar lindo, mesas bem postas e preço salgado. Pedimos um espaguete à bolonhesa de prato kids e, ao invés de prato principal para nós, várias entradas. Casquinha de siri realmente deliciosa (R$32,00 uma porção pequena), mini acarajés gostosos também, mas faltou o caruru (não lembro o preço) e um carpaccio que estava terrível! Fatias grossas de carne com nada de molho…

O Francisco gostou da massa, eu gostei do acarajé, já o Antônio não gostou de nada. Acho que eu não voltaria.

A ida ao restaurante jacaré do Brasil foi um convite de um casal da pousada. O restaurante é lindo e tem um bar na entrada bem badalado, se estivéssemos sem filhos, com certeza sentaríamos lá. Pedimos caipirinhas e outra massa para o Francisco que estava muito gostosa também. O Antônio pediu stinco bovino com parpadelle e eu um risoto de limão siciliano com peixe que estava ok, nada de extraordinário. O prato do Antônio veio com um pedaço gigante de osso, um pedaço minúsculo de carne e um pouco de massa. Saímos do restaurante com fome pra falar a verdade.

Mas vamos falar bem também né?! Achamos um tesouro de sorvete do tipo italiano escondido em uma ruela no quadrado de Trancoso. O sorvete do beco é produzido pelo proprietário Andrea, um italiano que cria os sabores, faz os sorvetes e adora bater um papo. Vá e experimente, você vai gostar de um dos vários sabores. Nós experimentamos todos e escolhemos o de cacau e o de limão siciliano com frutas vermelhas

Mas Dani, você não comeu bem em Trancoso?

Graças a Deus sim, mas apenas nas pousadas que escolhi e, quando se fala em comida, falamos do ponto forte da pousada Villas de Trancoso, onde passamos os últimos três dias da nossa viagem.

  

A pousada/hotel Villas de Trancoso é FE-NO-ME-NAL! Daquelas que você senta para ficar admirando, pé na areia, serviço impecável, quartos maravilhosos. Vou explicar melhor a vocês.

O Villas de Trancoso fica na praia dos nativos e você não precisa sair dele para exatamente nada!

A estrutura do Villas é de se namorar. Uma arquitetura paisagística linda com decoração em todos os cantinhos. A área do restaurante e da piscina são deliciosas.

A piscina possui uma parte elevada onde as crianças brincam tranquilamente. Há também uma sala de televisão com enormes sofás, livros e jogos, além do gramado sensacional para brincar!

Para chegar à praia, passamos por um mangue, tudo muito organizado, limpo e lindo! Na praia tem academia em madeira, bar e restaurante, ducha, brinquedos de praia para as crianças, cadeiras de sol e camas acolchoadas para a gente apreciar o mar lindo a nossa frente. Vários funcionários nos mimando e servindo com um sorriso no rosto.

O restaurante é espetacular assim como todos os funcionários do Villas de Trancoso. Café da manhã farto com frutas, diversos tipos de omeletes, tapiocas, bolos, pães, sanduíches, sucos, espumante. No cardápio tem estradas, saladas, petiscos, vários pratos, bebidas, carta de vinhos, além do menu kids. O menu kids consiste em arroz, feijão, legumes e uma carne (peixe, frango ou carne).

Quando falo bem dos funcionários é porque eles estavam sempre preocupados com a nossa satisfação e alimentação do Francisco. Para você ter uma ideia, no segundo, ao perceberem que a comida do Francisco estava voltando quase que intacta, questionaram o motivo e sugeriram de trocar o frango grelhado por desfiado com caldinho e um purê de batatas que ele devorou. E para nos deixar ainda mais felizes, prepararam um sanduíche e uma banana para o Francisco não sentir fome na volta para casa. Um amor!

Nós pedimos de tudo e tudo simplesmente de comer com os olhos fechados! Casquinha de siri, drinks, camarões (gigantes) empanados no côco, dadinho de tapioca e queijo coalho, filé de robalo com vinagrete de pêra e purê de banana da terra e moqueca de peixe. Não percam a oportunidade de comer bem em Trancoso.

Os quartos são muito confortáveis. Roupas de cama todas trousseau, amenities L’Occitane, frigobar, camas de solteiro e queen com mosqueteiro, televisão com canais abertos, ar condicionado, chá à disposição, mesa com cadeiras, banheiro espaçoso com ducha bem forte e quente, secador de cabelos, roupões repelente à disposição, incenso de citronela e guarda chuvas. O que eu mais gostei era o conforto de poder dormir na minha cama tranquilamente, porque na cama de solteiro eles encaixam uma proteção para a criança não cair, o que nos garantiu noites inteiras de sono.

Com certeza voltaremos outras vezes ao Villas de Trancoso, mas dessa vez com sol.

Espero que vocês tenham gostado das nossas dicas de Trancoso!

 

Villas de Trancoso

Trancoso/BA

Telefone: (73) 3668-1151

E-mail: [email protected] 

Site: https://www.villasdetrancoso.com

Detalhe muito importante: algumas dessas fotos foram feitas pelo fotógrafo Deivid que faz ensaios fotográficos na região de Porto Seguro, Trancoso e Arraial D’Ajuda.

Fizemos esse ensaio e foi a melhor lembrança da viagem! Fotos que tiramos brincando de ser a gente mesmo, sem contar no tanto que o Deivid é paciente com crianças. Recomento de olhos fechados!

Deivid (73)98207-5643

https://instagram.com/dlphotos_oficial?utm_source=ig_profile_share&igshid=1gl29h0tm5ubm

Leave a Response